agosto 18, 2019

Minha viagem para Machu Picchu

Machu Picchu é mesmo um lugar mágico. Todo mundo que, assim como eu, gosta de natureza, aventura e espiritualidade, tem o sonho de conhecer a “cidade perdida” dos Incas. Lá moravam pessoas escolhidas a dedo pelo imperador inca Pachacútec, para serem preparadas em busca de evolução espiritual. Não é à toa que o local tem diversos templos (do Sol, da Lua, do Condor, de Pachamama, dentre outros). Sábios, princesas e sacerdotisas estudavam agricultura, astronomia e tinham bastante conhecimentos sobre os solstícios e colheitas.

Antes de visitar Machu Picchu eu fiquei durante 2 dias em Cusco. Isso é imprescindível para que você possa se aclimatar, já que a altitude de Machu Picchu está a 2.430 metros acima do mar.

Ao chegar em Cusco não teve jeito: passei mal mesmo. Não escapei do tão conhecido “soroche”, o mal de altitude.

Na primeira noite saí para jantar no restaurante “Ceviche Seafood Kitchen”, que fica na Plaza de Armas (Inclusive, recomendo bastante!), quando de repente comecei a me sentir muito mal. Era uma sensação de desmaio, vontade de vomitar, dor de cabeça, tudo junto. Os funcionários do restaurante me trataram tão bem, como nunca fui tratada em um restaurante na vida! Me ofereceram sprays de oxigênio, chá e até uma manta para me aquecer. Voltei para o hotel e até pensei em desistir da viagem. A cabeça parecia que ir explodir (Só pensava em votar para casa). Comecei a tomar bastante chá de coca e usei de 8 em 8 horas um comprimido que continha coca, guaraná e gengibre. Respirar água florida também me ajudou bastante.

Viagem de trem pelo Vale Sagrado, a caminho de Machu Picchu

Passado o mal-estar inicial, chegou o dia de conhecer Machu Picchu. Acordamos às 3h da manhã. O trem sai bem cedo da estação São Pedro, em Cusco, e segue até Águas Calientes pelo Vale Sagrado, em um percurso que dura 4 horas. O visual pela janela é lindo demais! Inesquecível!

Ao chegar em Águas Calientes, uma cidadezinha extremamente turística, você vai pegar um ônibus que sobre até Machu Picchu. O percurso dura aproximadamente 30 minutos.

Lembro exatamente da emoção que senti ao ver de longe a cidadezinha de pedra. Foi, sem dúvida, um dos lugares mais bonitos e mágicos que já conheci.

Todo passeio eu fiz pela agência www.grupomachupicchu.com.br. Eles cuidaram de todos os detalhes com muito carinho e profissionalismo.

Em outro post contarei mais detalhes sobre o passeio para a Laguna Humantay.

veja também esses relacionados

Deixe seu comentário

Ir ao topo